quinta-feira, 23 de julho de 2009

Assembléia de ratificação foi executada com sucesso

A assembléia geral que fora realizada na manhã do dia 18 deste mês foi muito proveitosa, pois, além da ratificação do sindicato da categoria, que já é uma realidade, obtida por unanimidade de votos, o SINDGCIT logrou mais uma conquista para a categoria de guardas civis municipais de Timon-MA, ao decidir por realizar um convênio com o plano de saúde MEDPLAN (Plano Master), com todos os direitos requisitados e com a novidade do momento: o plano empresarial que será realizado pela diretoria do SINDGCIT será totalmente desprovido de carência, conforme resolução normativa nº195 de 14 de Julho de 1999 (confira resolução aqui: http://www.ans.gov.br/portal/site/legislacao/legislacao_integra.asp?id=1856&id_original=0).

FOTOS DA ASSEMBLÉIA GERAL (18/07/09)


A referida assembléia contou com a ilustre participação do advogado do sindicato Dr. Edson e de sua assistente Drª Layana, os quais presidiram a votação para a ratificação do sindicato e também prestaram esclarecimentos concernetes a diversas dúvidas e incertezas da categoria que se fez presente em bom número.

Ainda não se sabe ao certo o dia exato da adesão ao plano já citado, pois a diretoria está aguardando a referida resolução entrar em vigor (entra em vigor somente após 30 dias de sua publicação) para, somente assim, efetuar a adesão. Recomenda-se aos guardas interessados no plano que, ao se estipular o dia da adesão, que todos entrem no plano juntos, pois, quem optar por entrar posteriormente poderá ser prejudicado quanto à carência e enfrentará algumas burocracias para conseguir efetuar a adesão.

Nesta assembléia também entrou em pauta a questão do adicional de risco de vida que ora havia sido prometido pela administração o pagamento do mesmo a partir de Janeiro deste ano e que até o presente momento não houve efetuação deste pagamento; com isto, a categoria deixa claro que não esqueceu-se de seus direitos e que está disposta a reivindicá-los.

Como se sabe, a guarda civil de Timon já realizou, no dia 11 de Fevereiro do corrente ano, uma paralização que visava reivindicar melhorias para a categoria no sentido de estruturação e aparelhamento, bem como o pagamento do adicional de risco de vida

PARALIZAÇÃO DA GUARDA CIVIL DE TIMON REALIZADA NO DIA 11 DE FEVEREIRO DE 2009




No entanto, até hoje, nem o adicional já citado está sendo pago, nem muito menos estruturou-se a guarda civil de Timon.

Com a recente criação da secretaria de segurança pública do município e com a admissão do secretário João Borges, que a representa, surgiram novas expectativas quanto ao aparelhamento e a estruturação da guarda civil de Timon, o referido secretário deu um prazo de pelo menos 90 dias para que o dinheiro destinado à guarda, aprovado pela câmara municipal, seja aplicado no que diz respeito a compra de viaturas, coletes balísticos, algemas, e armas (segundo o secretário serão armas não letais, modelos "Taser"). Também prometeu a negociação do adicional por risco de vida, tão almejado pelos guardas portadores de tal direito.

O melhor que a categoria pode fazer é esperar o prazo mencionado e, só então se não forem cumpridas as novas promessas, é que o sindicato poderá tomar um posocionamento sobre o assunto! Afinal de contas, o que queremos é muito simples, só queremos que nossos direitos sejam assistidos, nada além disso!


A diretoria do SINDGCIT agradece!

Um comentário:

  1. vcs estao de parabéns continuem na luta amigos

    ResponderExcluir